Centralina realiza mutirão de combate ao mosquito Aedes Aegypti – Resultados

Foi realizado no período de 22 a 26 de Janeiro de 2018, o mutirão de Combate ao Mosquito Aedes Aegytpi, transmissor da Dengue, Chikungunya, Zika Vírus e Febre Amarela. A ação foi realizada pelo Setor de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Centralina, que contou com a participação dos Agentes de Endemias (8) e mais 14 (catorze) pessoas contratadas para a realização da ação.

Foram visitados todos os comércios, residências e terrenos baldios da cidade de Centralina, onde os agentes fizeram a distribuição de panfletos à comunidade e o trabalho de conscientização sobre o perigo das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Nessa ação, foram retirados 8 (oito) caminhões caçamba de objetos que serviriam de criadouros de focos do mosquito. Foram encontrados focos do mosquito em 83 (oitenta e três) locais, onde foram todos eliminados e descartados.

O Setor de Endemias tem sempre feito as visitas bimestrais em todas as residências do município, realizando a conscientização aos moradores sobre o perigo da doença e as formas de evitarem a proliferação do mosquito. São realizadas também palestras em todas as escolas do município, também com a conscientização e a distribuição de panfletos. Em todas as unidades de saúde existem banners e panfletos de conscientização da população. Os Agentes de Endemias foram todos capacitados para a realização das ações e visitas, estando todos aptos a identificar os focos, eliminá-los e conscientizar a população sobre os riscos e as formas de prevenção do mosquito.

O trabalho de conscientização é diário, e a participação da comunidade colaborando para a eliminação é muito importante. As ações tem surtido resultados positivos, pois em anos anteriores a quantidade de objetos que foram retirados das residências e comércios foi bem maior que em 2018. Resta agora, a continuação das ações e a participação sempre efetiva de toda população.

A Prefeitura Municipal tem feito o seu trabalho de forma séria e comprometida com a saúde pública de Centralina. Espera-se agora a participação e a preocupação da população no combate ao Aedes Aegypti, de forma a eliminar de vez esse mal em nossa cidade.

5efc221b-d800-48ad-8d6b-18cdd37a39ce 18c9d335-a7cf-4be4-b00c-848831136cdb 72e9278c-0e84-4a82-ae72-951abac9d4e0 541d8bf6-6e0f-4988-958d-067d2d9bea18 9817e172-2187-4b77-abeb-ad8b19a9d56c 84971826-e792-4bd0-b062-dbf700eef7ee a3893569-08ae-4e0b-b412-00b54488bbd9 c4c18f07-281f-40e7-abb4-f9296f06addc c5c967f5-21a6-4957-a8fb-a7169e8e3a9d cf879a37-5704-4c0f-815f-b76cd59af988 df7bfe21-763c-48d7-841c-ad62317c44ba df741364-6744-4359-8296-5fdc8abcdb37 e13ffbaf-f580-4663-951d-81bbd29893be eb233445-077d-4ffe-891c-d96d89ac98a0 ff49f6c5-78db-4ac0-9962-a2bf1a5bacb8

Deixe uma resposta